Maria: Reflexo do Filho

Maria: Reflexo do Filho
leia mais

Baixar mp3

Jesus é a imagem de Deus de modo absolutamente singular. Ele realiza o plano divino na sua totalidade. O modo como Jesus foi humano, sua obediência filial ao Pai mostra quem é o ser humano, sua vocação fundamental. Todos nós, portanto, somos chamados a sermos como Jesus, e Maria foi aquela que mais se aproximou da realização desse projeto revelado pelo seu Filho. Ela aderiu ao chamado de Deus de forma muito bela e exemplar para nós. Ela acolhe o mistério e se torna “bendita entre todas as mulheres” como é “bendito o fruto de seu seio” (Lc 1,42). Por isso ela é o “Ícone do Mistério”.

O enigma da manjedoura

O enigma da manjedoura
leia mais

Baixe o áudio e compartilhe (mp3)

“Quem pode ser salvo?” É a pergunta dos discípulos a seu mestre, “só Deus pode salvar” é a resposta de Jesus (cf. Mt 19, 26). Dessa forma, aquele que quer ser salvo deve se entregar ao seu criador, escutar o seu chamado, pois só dEle vem a salvação, só nEle o ser humano se realiza. Deus é o autor e o verdadeiro dono da vida.

O coração que arde com a Palavra

O coração que arde com a Palavra
leia mais

Baixe e compartilhe (mp3)

“Fé”, uma vocação desafiante ao ser humano. Com certeza, a fé é para todos, é uma vocação para toda a humanidade, porém exigente. Como vemos na história, uns se entregam de forma radical, outros encontram dificuldade de se lançar. A relação entre Deus e o homem acontece de forma misteriosa, Deus se dirige, silenciosamente, ao coração de cada ser humano e quando este se volta para essa dinâmica, se descobre e descobre o sentido da vida. Entretanto, a maioria das pessoas acaba optando por voltar-se inteiramente para as ocupações cotidianas: ganhar dinheiro, ter prazer e status social. Quando lhes ocorre a ideia de algo que ultrapassa os limites deste mundo, sempre haverão de dizer que não vale a pena esquentar a cabeça com este tipo de coisa. Por isso estão incapacitadas de ver. “Os discípulos, porém, estavam como que cegos, e não o reconheceram” (Lc 24,16).

Alegra-te

Alegra-te
leia mais

Download

“Alegra-te” foi a primeira coisa que Maria ouviu quando soube ser a escolhida para uma missão. “Alegra-te” é então, a primeira palavra de Deus a toda criatura ao lhes oferecer a salvação. Tal alegria, portanto, vem da experiência do “Deus conosco” que Maria acolhe em seu ser, uma alegria que nasce da fé. Assim, todos nós podemos nos unir a Maria para acolher o salvador e, junto com ela, nos alegrar, pois quando Deus é acolhido com fé, Ele nos revela o caminho da felicidade plena1. “A felicidade só pode senti-la a alma, e não a razão, nem o ventre, nem a cabeça, nem o bolso” (Hermann Hesse).

Coração agradecido

Coração agradecido
leia mais

Baixe e compartilhe (mp3)

Desde que somos gerados no ventre de nossa mãe, a gratidão já pulsa nas primeiras batidas do nosso coração. A vida foi nos dada gratuitamente, nosso corpo é um presente não só da mãe que nos ofereceu sua energia na gestação, mas de toda a natureza e de toda história da evolução que herdamos e ajudamos a construir. É nos dado um nome, uma cultura, uma religião, uma consciência. Ou seja, tudo que somos e temos não começa conosco e não parte apenas de nós, mas vem de um passado que não sabemos quando exatamente começa, passa por milhares de pessoas, antes e durante toda a nossa vida. Vemos então que a gratidão é algo que podemos dizer que faz parte da essência da nossa vida. Somos agradecidos a Deus que nos dá tão precioso dom, somos agradecidos a toda a humanidade que de uma forma ou de outra participa desse dom, somos agradecidos a toda a criação que sustenta a nossa vida, muitas vezes doando a sua própria.